Meio&Mensagem

Brisa Vicente

Sócia e Chief Operating Officer, Soko

A história de que as cartilhas escolares acabam inspirando as pessoas a escolherem a trajetória profissional é corroborada por Brisa Vicente, que, ao ler sobre a descrição do trabalho de publicidade, pensou que era possível exercer a criatividade como ofício. Ainda na adolescência, a jovem, que nasceu e vivia na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo, chegou a pensar em cursar audiovisual, mas acabou decidindo-se pela área da comunicação, por achar que faria mais sentido.

Com 17 anos, encarou o primeiro grande desafio profissional e pessoal da vida ao se mudar, sozinha, para São Paulo, para cursar a faculdade de relações públicas na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Apesar da vontade de atuar no universo da criatividade e da comunicação, não foi exatamente nessa área que ela vivenciou sua primeira experiência profissional. A trajetória de Brisa no mercado de trabalho começou na área de produção de eventos, uma das tarefas que exige mais atenção, entrega e capacidade de executar múltiplas tarefas de forma simultânea. Desse período, ela recorda de chegar a dormir com o rádio de comunicação ao lado, para garantir que tudo seria realizado da forma correta. Mas é dessa época, também, que ela recorda com carinho da generosidade de sua primeira chefe, que, além de ajudar a lhe preparar para o
trabalho, lhe ensinou a importância de usar a intuição.

Há mais de quatro anos como COO da Soko, Brisa, antes, passou por empresas como Samba Comunicação, Super Produções, Wunderman e Grupo ABC. Hoje, procura equilibrar a gestão da agência com a rotina famíliar e o cuidado com as flhas Lina, de sete anos, e Julieta, de três, de seu casamento com o economista comportamental Bruno. Em meio a todas as mudanças trazidas pela pandemia, ela conta ter descoberto o vício em exercícios físicos, que lhe ajudam a manter a sanidade, junto com a terapia. Geminiana com ascendente em libra, ela, que chegou a ter experiências como DJ, tocando em baladas e casamentos, confessa amar
realities, sobretudo os mais trash, e também gosta de se dedicar a podcasts, filmes e viagens, quando possível. “Amo viajar e troco absolutamente qualquer bem material por uma experiência que nunca vivi antes”, conta

Outras Homenageadas

Patrocínio

Apoio

Apoio de Mídia

Idealização

Realização